sábado, 1 de novembro de 2008

Abóboras

Cá estou eu de volta ao Brasil (pelo menos por 1o dias...triste a constatação de que este ano fiquei mais lá do que cá). Chego e me deparo com o condomínio todo enfeitado de "Jack o'Lanterns" e morcegos. Durante esta semana estão servindo "sangue de vampiro" na escola das crianças (quando eu era moleque a bebida chamava-se groselha - isto vale um capítulo à parte). A mãe de um coleguinha do Lucas telefona convidando-o para uma "festinha muito legal" com muitos monstros e terror. Declino, indignado.

Acho que Câmara Cascudo tremeu no túmulo neste dia 31. Tanto folclore de valor no Brasil, tanta tradição, tanta riqueza cultural. E a gente resolve comemorar, cada vez em maior escala, uma festa americana sem identificação com nossos valores e história!?!? Coisa estranha ver a criançada fantasiada de personangens que nunca fizeram parte de nosso imaginário...vindo bater à sua porta falando: trick or treat? Ah, tenham dó!!!

Se é para copiar os USA, que seja no que é bom. Por que não festejar o 7 de setembro com o mesmo patriotismo e entusiasmo do 4 de julho? Ou então, aproveitar o Thanksgiving para juntar a família, exercer gratidão, refletir?

Nem tudo está perdido. Feliz, constato que nenhum dos blogs que indico aqui ao lado fez menção ao famigerado "Halloween".

Quanto à mim, prefiro minhas abóboras descascadas, picadas e cozidas num tacho, com muito açúcar, cravo e canela.

2 comentários:

Anônimo disse...

Vc. tem toda razão. A comemoração de Dia das Bruxas é tão fora de época quanto os nada tropicais enfeites natalinos com os quais convivemos tão naturalmente...
Além de tudo, muito mais gostoso que lanterna de abóbora é um bom doce de abóbora caseiro espalhando aroma pela casa. Muito boa a sua lembrança! Parabéns pelo blog que conheci hoje passeando pelas outras cozinhas. Abs. Sílvia

Bonsdegarfo disse...

rsrsrs, muito bom. estou contigo e não abro! Que coisa besta!