quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Piadinha

Ô semaninha complicada!

Viagem inesperada, reuniões agendadas em cima da hora, uma pá de coisas para fazer. Um montão de idéias e nenhum tempo para cozinhar (escrever, muito menos!). Só para não ficar no silêncio, posto esta piadinha que recebi hoje por e-mail. Em Inglês mesmo, que não estou com tempo para traduzir...

Giving up Wine

I was walking down the street when I was accosted by a particularly dirty and shabby-looking homeless woman who asked me for a couple of dollars for dinner.

I took out my wallet, got out ten dollars and asked, "If I give you this money, will you buy wine with it instead of dinner?"

"No I had to stop drinking years ago", the homeless woman told me.

"Will you use it to go shopping instead of buying food?" I asked.

"No, I don't waste time shopping," the homeless woman said. "I need to spend all my time trying to stay alive."

"Will you spend this on a beauty salon instead of food?" I asked.

"Are you NUTS!" replied the homeless woman. "I haven’t had my hair done in 20 years!"

"Well," I said, "I'm not going to give you the money. Instead, I'm going to take you out for dinner with my husband and me tonight."

The homeless Woman was shocked. "Won't your husband be furious with you for doing that? I know I'm dirty, and I probably smell pretty disgusting."


I said, "That's okay. It's important for him to see what a woman looks like after she has given up shopping, hair appointments, and wine."

2 comentários:

Ana Elisa disse...

Rogério, homem! Agora que vi no seu perfil que você é ex-violinista! Eu também!!!! Quer dizer... estudei violino por vários anos, mas acabei parando quando entrei na faculdade e comecei a trabalhar. Ainda tenho o meu e morro de vontade de voltar a estudar!
Que coincidência!

Abraços!

Rogério disse...

Nossa, que legal! Coincidência hein? Pois é, fui profissional até os 22 anos, lá no Rio de Janeiro, quando saí da faculdade. Eu tive de decidir entre uma carreira e outra e vi que as perspectivas com Comércio Exterior/Marketing eram maiores (infelizmente...no Brasil arte é supérfulo...). Meu grande mestre foi o Paulo Bosisio. Tive o privilégio de fazer parte da primeira turma dele na Uni-Rio. Dessa turma, por exemplo, fizeram parte o Moreno (Carlos Moreno - hoje Maestro titular da Sinfônica da USP) e o Ricardo Amado (Spalla da OSTM do Rio).Hoje, com as crianças na idade em que estão, é impossível tocar e estudar. Mais ainda tenho meus violinos e mais tarque quero voltar a tocar, por hobby, pelo menos.Muito legal saber que você é da confraria dos que tem calo no pescoço!
Beijo
Rogério